domingo, 6 de agosto de 2017

Lagartixa cauda-de-chicote

Mulher sendo espancada em público, 1941, Alemanha Nazista


Enfim encontro-me com a lagartixa
ela que esteve sempre presente
um amigo homem, claro, cortava o rabo da lagartixa
aos aplausos de sua mãe: "vai, filho, corta!"
isso só para vê-lo nascer de novo, o rabo
- coisa de criança - a mãe dele dizia
assim como era um chiste que o mesmo menino chutasse o rabo da babá
- aos cinco anos de idade - quando voltava da sua escola em Londres

Meninos que cortam rabos de lagartixas adoram Londres
- nem preciso fazer pesquisa - conheci muitos

Meninos que ficaram presos no cordão de fel de suas mães
adoram cortar os rabos das lagartixas
- alguns até queimam o rabo da lagartixa

Esses meninos não conhecem as mulheres amazonas
ou as mulheres das ribeiras
Lá onde onde as águas cantam, as florestas abraçam
- meninos que cortam, chutam ou queimam o rabo da lagartixa
- simplesmente não existem

Patricia Porto

Diário de Viagem para Espantalhos e Andarilhos

Livro: Diário de Viagem para Espantalhos e Andarilhos

Livro: Diário de Viagem para Espantalhos e Andarilhos
Patricia Porto

Livro: Sobre Pétalas e Preces

Livro: Sobre Pétalas e Preces
Livro: Sobre Pétalas e Preces

Livro: Narrativas Memorialísticas: Por uma Arte docente na Escolarização da Literatura.

Livro: Narrativas Memorialísticas: Por uma Arte docente na Escolarização da Literatura.
Editora CRV; link: http://www.editoracrv.com.br/?f=produto_detalhes&pid=3111

Google+ Followers

Com-partilhados...

Pesquisar neste blog