sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

matula


Araquém Alcântara

saudade de casa é onça,
essa gigante onda do apartado,
matula, sol no quengo,
saudade do povo, meu canto,
todo esse sal é teu

perdida na cidade pedra
virada bicho na areia
cuspida
dolorida demais pra verter tristeza em água

cheiro de rede
éguas! tô mais só que o demo
mais infeliz que a terra que queima  

voltar é hoje:
nesse vespeiro de alma-casa
dá dor nas juntas

eu vou no desvão do deserto
pra dar de sangrar mais rente

dor de onça é triste assim
mata é no quieto mesmo

Patricia Porto

Diário de Viagem para Espantalhos e Andarilhos

Livro: Diário de Viagem para Espantalhos e Andarilhos

Livro: Diário de Viagem para Espantalhos e Andarilhos
Patricia Porto

Livro: Sobre Pétalas e Preces

Livro: Sobre Pétalas e Preces
Livro: Sobre Pétalas e Preces

Livro: Narrativas Memorialísticas: Por uma Arte docente na Escolarização da Literatura.

Livro: Narrativas Memorialísticas: Por uma Arte docente na Escolarização da Literatura.
Editora CRV; link: http://www.editoracrv.com.br/?f=produto_detalhes&pid=3111

Google+ Followers

Com-partilhados...

Pesquisar neste blog