segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Advir





Não perder a ternura é um método.
O método ainda é viver a vida a imagem
sem quebrar tanto as semelhanças.
A ternura inventa a flor, cria seu cheiro,
absorve seu nome como plural e respira.
Um aparelhamento sempre simultâneo à invenção.

Patrícia Porto