sábado, 24 de janeiro de 2015

A louca


(a paciente)

à míngua das significâncias
ossos da ciência,
dissecando a alma, o corpo
à lâmina, gilete na boca, aos rasgos

no infinitivo perfeito:
perdoar,
cantar,
dançar,
sorrir,
correr,
dormir,
comer,
trabalhar,
ouvir,
dizer
tomar pílulas
(ouvidizer
violentada?)

um grito-soco desprovido de artifícios
verbalizando
imperfeitos:

sangrar,
cuspir,
dizer,
ouvir,
surtar,
correr,
fugir,
pés,
mãos,
espinha,
fígado

bater
&
retirar

fugir do objeto

levar os ossos


Patricia Porto