segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Vista de perto





Minha ilha tem duas serpentes,
por isso tenho um pacto incomunicável com as horas.
O tempo é sempre vantajoso,
se regala feito um Dionisio
e me abre as coxas em fruta
ao me deixar mulher cíclica,
transformada agora em material estético de jardim
- essa jardinagem secreta de território.
O tempo vagaroso lambe meus botões
e eu os esmago.


Patrícia Porto