segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Uma palavra


Martin Dobes


Palavra pra mim é festa,
é folguedo na praça, sujinha de terra,
deitada no barro, se desfazendo toda,
se fazendo toda, rolando terreiro.
No corpo da alma palavra faz tempo, um som, sustenido que gira mole no ar.
Palavra no corpo que a gente recebe é a imagem da rua.
Uma casa, uma benção, a rezadeira na porta com seus unguentos.
Uma fonte, sina, sinal de milagreiros e coletivos passando...


Patrícia Porto