quarta-feira, 17 de setembro de 2014

De infinitos e fecundos




De infinitos e fecundos

  
Com quem dialogas?  
Teu vulto? Tua silhueta?
Com teu rosto nos olhos de uma outra?
Com a tua estátua? Com a tua escrita paralisada?
Com a tua mística?
Com as tuas pedras?
Com quem dialogas?
Com teus orixás? Teus símbolos?
Com teus arquétipos?
Com o teu Cristo na parede?
Com a casa de teus mistérios?
Com quem dialogas?
Com a tua fecundidade?
Com a tua escassez?
Com teu estranhamento?
Com a tua cultura?
Com o teu phatos?
Com o teu sexo?
Com a tua visão?
Com quem além de tu mesmo, em silêncio,
além do enfrentamento contigo mesmo, no barulho,
nu, cru, aberto às vísceras, visto fantasma
na tua incapacidade de ser para além-de-ti-com?
Como dialogas?

PatriciaPorto



Diário de Viagem para Espantalhos e Andarilhos

Livro: Diário de Viagem para Espantalhos e Andarilhos

Livro: Diário de Viagem para Espantalhos e Andarilhos
Patricia Porto

Livro: Sobre Pétalas e Preces

Livro: Sobre Pétalas e Preces
Livro: Sobre Pétalas e Preces

Livro: Narrativas Memorialísticas: Por uma Arte docente na Escolarização da Literatura.

Livro: Narrativas Memorialísticas: Por uma Arte docente na Escolarização da Literatura.
Editora CRV; link: http://www.editoracrv.com.br/?f=produto_detalhes&pid=3111

Google+ Followers

Com-partilhados...

Pesquisar neste blog