domingo, 7 de setembro de 2014

...

Eduardo Wermelinger 




Solidão é uma sobra de peixe no prato,
a palavra, o arpão, o peixe no salto isca, um vazio de garfo
- que sutil morre outra vez peixe, vazio, eco...
por dentro um mar transe, borda


Patrícia Porto