quinta-feira, 15 de maio de 2014

no sub


Stephen Sandor Selpal, artista autista.

Encontrei uma forma muito inquieta de seguir viagem
vou de sublingual, amaciando de língua
hálito de saliva feito lamber a palavra
nem obscena, nem leviana
uma palavra amena
morninha e sem muito esforço

a palavra ENCANTO por exemplo