sexta-feira, 16 de maio de 2014

à grega

Marilyn Cosho que tem síndrome de Asperger e criou "50 fadas de corda" desde 2005. 


Foi virando estátua
começou brincadeira
pernas, braços,
olhos
tudo congelado
petrificado
embrutecido
espasmos
no frio dorsal

uma estátua de dorso
coração talhado pedra
de elementos de areia

Uma menininha passou e perguntou a mãe:
"De quem é aquela estátua, mãe?"
Ela coçou o queixo, pensou...

"Não sei. Coloque uma moedinha."


Patrícia Porto