segunda-feira, 10 de março de 2014

Maria Judite


Jussara Almstadter


MARIA JUDITE

Nó...
Trago os teus chinelos
como Cândida.
Não sei se apago a luz.
Não sei se acendo a vela.
Talvez eu deixe o corpo
dessa língua dura, rude, grossa
à cruz
à queima.

Pega cá, os teus chinelos!


Patricia Porto