sexta-feira, 14 de março de 2014

FORA DE ÂNGULO

Ozias Filho

aonde o amor espera
eu ponho um ponto
- uma exclamação de dúvida
inesperada.
Carrego feito a vida
a dor da morte prenhe.
E solto aonde o amor desperta
a minha demora.


Patrícia Porto