segunda-feira, 28 de outubro de 2013

O menor poema guinness do mundo.





No que tange e perpassa o bojo de tudo isso, melhor seria o engodo, o esgoto...
mas só sem riscos.
E rindo escreve um tratado do tolo ego ao quadrado,
posteriormente elevado ao infinito.

Patrícia Porto