quinta-feira, 7 de março de 2013

Terminal.

Alex Gozblau.

Adoço meu corpo
me dando a outro
enquanto o choro
ofereço a Deus.
Beijo minha boca na tua
que não beija a minha
e no outro consolo meus lábios
da boca sem beijo.
Na cama traio sem pecar o amor
e aborreço a dor,
e adoeço o outro,
e choro de novo
com medo de Deus.

Patricia Porto




* Poema feito para uma aula de Literatura do meu amado professor e amigo Jorge de Sá em 1993.