quinta-feira, 28 de março de 2013

Ao transcender.


Angelika Trotier.

Se houver uma síntese,
pra poesia: um haikai, um Leminski...
pra vida: sabedoria,
pra sabedoria: Santo Agostinho,
pro ser em si: conhecimento, Sócrates, Descartes...
pro amor: amar...
pra memória: que permaneça...
A síntese pra existência: toda sua plena expansão
girando numa valsa.

Patrícia Porto