sábado, 20 de outubro de 2012

Sobre poetas e jardins.


Imagem@ Henri Cartier Bresson.


Nas asas de  um adão.
Que costela nada... Asas!
As asas da criatura,
nos campos do criador,
trazem em si
a incômoda inquietude
de Artear o novo fogo.
Há de arder assim na pessoa água-viva.
Já o silêncio os reclusa, o necessário...
já aquele algo da alma não inócua os enfurece e os tece nova voz
ou os abranda o tempo da solidão uma qualquer brisa de verso:
fazer poemas é reconhecer em si uma vida que sempre morre
 antes de qualquer mero definitivo.
Pra ver nascer.

Patricia Porto

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Fabricações

Imagem@ Duy Huynh, "turning leaves".

O tempo me sangrou os pés,
mas do pó do tempo eu fiz
esses novos ossos de fabricar brinquedos.
Veja aqui: do tempo da judiação
fiz essa oração de punição,
feito ladainha de voz...
Pra chover mais na terra seca,
na seca terra da existência,
na seca terra das horas magras,
na seca terra, terra de gente feito nó,
eu fiz esse pássaro de papel!
E pra chover forte de ventania,
de vento vasto de ventania
que encobre o olhar: um corte!
Porque no tempo da minha infância
o afago era da pedra e a faca, branca nuvem.
Daí esse rasgo grande no peito do herói:
um desenho sem surpresas.  
Na sua morte agendada uma poeira lenta
foi maquinando os instrumentos,
dedilhando os orifícios
dos horológios
a poer a toalha da mesa, o pão,
uma lágrima de um olho caindo, sôfrega,
o som do abafado sem qualquer,
qualquer rumor de amor na algibeira...

Patrícia Porto
   

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

minha língua ameaçada.


Imagem@ Moment of Noise_low, Duy  Huynh.


O silêncio só é mudo
quando não estamos à procura
das palavras de dentro o feito.
E o nosso problema
não é tanto com as palavras feitas
- é com os sons dos teus ouvidos
que não entendem as pausas
de memórias arabescas
cada vez mais tristes e longas
na interrupção das notas.
Enquanto ainda respiro no quieto
o mesmo ar, a mesma música que tu-
- somente tu ostentas em teus quartos de censura
a minha língua pro jantar.

Patricia Porto

Diário de Viagem para Espantalhos e Andarilhos

Livro: Diário de Viagem para Espantalhos e Andarilhos

Livro: Diário de Viagem para Espantalhos e Andarilhos
Patricia Porto

Livro: Sobre Pétalas e Preces

Livro: Sobre Pétalas e Preces
Livro: Sobre Pétalas e Preces

Livro: Narrativas Memorialísticas: Por uma Arte docente na Escolarização da Literatura.

Livro: Narrativas Memorialísticas: Por uma Arte docente na Escolarização da Literatura.
Editora CRV; link: http://www.editoracrv.com.br/?f=produto_detalhes&pid=3111

Google+ Followers

Com-partilhados...

Pesquisar neste blog